Fechar
Metadados

%0 Conference Proceedings
%4 sid.inpe.br/mtc-m21b/2015/02.03.16.20
%2 sid.inpe.br/mtc-m21b/2015/02.03.16.20.08
%A Costa, Samuel Roberto Ximenes,
%A Morais, Paulo Renato,
%@affiliation Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
%@affiliation Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
%T Um problema de determinação de política ótima para sistemas de manutenção com máquinas de reserva e número variável de servidores
%B Simpósio Brasileiro de Pesquisa Operacional, 17.
%D 1984
%S Anais
%8 7 a 9 nov.
%C Rio de Janeiro, RJ
%X Este trabalho considera um sistema de manutenção em que o número de servidores alocados pode ser alterado tanto em instantes de chegada de máquinas como em instantes de término de reparo. O sistema de produção possui um número finito de máquinas idênticas que falham após um tempo com distribuição exponencial e um número finito de máquinas de reserva. Após a falha, a máquina quebrada é substituída por uma reserva, se houver alguma disponível e enviada para oficina de reparo. Esta possui um número finito de servidores independentes em disponibilidade, cada um com tempo de serviço exponencial. A estrutura de custos inclui um custo de perda de produção, um custo de espera, um custo de reparo e um custo de alteração no número de servidores alocados. Este problema de controle é representado por um modelo de decisão semimarkoviano. O critério de otimalidade considerado é o custo médio por unidade de tempo a longo prazo. Um algoritmo de iteração de políticas é usado para determinar os parâmetros da política de controle ótima dentro de uma subclasse particular da classe das políticas estacionárias. Resultados numéricos são apresentados para o caso de dois servidores disponíveis.
%3 p170.pdf


Fechar