Fechar
Metadados

%0 Conference Proceedings
%4 sid.inpe.br/mtc-m19/2012/09.11.13.26
%2 sid.inpe.br/mtc-m19/2012/09.11.13.26.41
%A Ribeiro, Marciana Leite,
%A Thomé, Adriana Cursino,
%@affiliation Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
%@affiliation Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
%T Indicadores da produção científica do inpe
%B Encontro Brasileiro de Bibliometria e Cientometría, 3 (EBBC),
%D 2012
%S Anais
%8 26-29 ago. 2012
%C Gramada
%X Falar em desempenho institucional é refletir em estabelecimento de metas e indicadores de desempenho, que atrelados podem orientar gestores na direção certa, indicando qual foco a instituição está vivendo no momento. Os indicadores de Ciência Tecnologia e Inovação (CT&I) permitem vislumbrar um pouco do país que teremos no futuro. Dentre os desafios destaca-se a necessidade de esforços para identificar e produzir indicadores de CT&I (BRASIL. MCTI, 2012). O objetivo deste trabalho é demonstrar o procedimento adotado na elaboração dos indicadores de desempenho da produção científica do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), pactuados no Termo Compromisso de Gestão (TCG). Os Indicadores de CT&I em São Paulo constroem um panorama sobre a situação recente da produção em CT&I do Estado. A publicação desses indicadores, contribui para a concepção das políticas públicas de investimento em pesquisa científica e tecnológica. Eles foram apresentados ao público em 2002, 2004, e agora voltam a sê-lo, em 2011. (FAPESP, 2011). Segundo à FAPESP, nenhuma das bases de dados apresenta cobertura completa da publicação científica mundial, o que aponta para a necessidade de seleção das bases de dados mais adequadas para as condições da análise desejada, incluindo abrangência geográfica, área do conhecimento e período do estudo a ser feito. As bases de dados mais empregadas mundialmente como fontes para construção de indicadores de produção científica são as da Thomson Reuters, Web of Science e a Scopus, produzida pela editora Elsevier. Na publicação indicadores FAPESP de CT&I é destacada a evolução da produção científica brasileira no período 2002-2006, a contribuição de regiões, estados, cidades, instituições e a distribuição das publicações por áreas do conhecimento. Dentre os institutos de pesquisa no Estado de São Paulo, pode ser destacado o INPE, com a maior produção científica no período, que passou de 193 publicações indexadas em 2002 para 226 em 2006, o que mostra um crescimento de 17,1% e uma contribuição de 2,7% (FAPESP, 2011).
%@language pt
%3 INDICADORES PC INPE FINAL 14-5.pdf


Fechar