Close
Metadata

@InCollection{Cecatto:2003:So,
               author = "Cecatto, Jos{\'e} Roberto",
                title = "O sol",
            booktitle = "Introdu{\c{c}}{\~a}o {\`a} astronomia e astrof{\'{\i}}sica.",
            publisher = "INPE",
                 year = "2003",
                pages = "4.1 - 4.32, cap. 4",
              address = "S{\~a}o Jos{\'e} dos Campos",
                 note = "{Curso de introdu{\c{c}}{\~a}o {\`a} astronomia e 
                         astrof{\'{\i}}sica realizado em 21-26 de julho de 2003.}",
             keywords = "curso, astronomia, astronomia fundamental.",
             abstract = "INTRODU{\C{C}}{\~A}O: Do ponto de vista dos seres humanos a 
                         Terra e o Sol, n{\~a}o necessariamente nesta ordem, s{\~a}o os 
                         astros mais importantes do sistema solar. O primeiro por se tratar 
                         de nossa {"}casa{"}, e o segundo por ser aquele que mant{\'e}m a 
                         Terra um planeta bastante agrad{\'a}vel e prop{\'{\i}}cio para 
                         a exist{\^e}ncia da vida em suas diversas formas que conhecemos. 
                         Al{\'e}m disso, aprendemos a conhecer o Sol desde a inf{\^a}ncia 
                         como fonte de luz e calor intensos que nos permite as primeiras 
                         percep{\c{c}}{\~o}es visuais a respeito do mundo que nos cerca. 
                         Com o passar dos anos aprendemos a tirar proveito de sua luz e 
                         calor e a admirar sua impon{\^e}ncia no c{\'e}u diurno, como 
                         fazemos com a Lua no c{\'e}u noturno. Al{\'e}m disso, desde os 
                         prim{\'o}rdios da civiliza{\c{c}}{\~a}o o homem aprendeu a 
                         admirar o Sol como o respons{\'a}vel pela exist{\^e}ncia e 
                         manuten{\c{c}}{\~a}o da vida na Terra e por isso mesmo, na 
                         maioria das culturas antigas, o Sol era adorado como um Deus. O 
                         Sol j{\'a} foi chamado de Helios pelos gregos, de Mitras pelos 
                         persas e de R{\'a} pelos eg{\'{\i}}pcios. Entretanto, a 
                         despeito de aceitarmos a presen{\c{c}}a do Sol no c{\'e}u 
                         n{\~a}o deixamos de nos perguntar de onde vem toda sua energia - 
                         luz e calor - que somos capazes de ver e sentir, e que o 
                         caracteriza como uma estrela que {\'e} a mais pr{\'o}xima da 
                         Terra. Por estar relativamente pr{\'o}ximo da Terra, h{\'a} 
                         milhares de anos o homem na Terra j{\'a} identificava as 
                         principais caracter{\'{\i}}sticas do Sol, como por exemplo, as 
                         manchas solares escuras e as regi{\~o}es mais brilhantes na 
                         superf{\'{\i}}cie, al{\'e}m da rota{\c{c}}{\~a}o do disco 
                         solar. Mais recentemente, com o advento de t{\'e}cnicas poderosas 
                         e avan{\c{c}}adas, temos nos aproximado de desvendar alguns de 
                         seus mist{\'e}rios. O Sol encontra-se a uma dist{\^a}ncia 
                         m{\'e}dia de 150 milh{\~o}es de quil{\^o}metros da Terra. Esta 
                         dist{\^a}ncia eq{\"u}ivale a cerca de 8 minutos-luz. A Tabela 
                         4.1 mostra um resumo das principais caracter{\'{\i}}sticas do 
                         Sol. O Sol encontra-se no centro geom{\'e}trico e gravitacional 
                         do sistema solar. Em torno dele orbitam todos os outros corpos, 
                         como planetas, aster{\'o}ides e cometas.",
          affiliation = "{Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais}",
           copyholder = "SID/SCD",
             language = "pt",
                  ibi = "6qtX3pFwXQZ3P8SECKy/z9Cxr",
                  url = "http://urlib.net/rep/6qtX3pFwXQZ3P8SECKy/z9Cxr",
           targetfile = "paginadeacesso.html",
        urlaccessdate = "2019, Nov. 20"
}


Close